Quando as pessoas certas se juntam, o resultado é o sucesso.

A reabilitação urbanística e a melhoria das infraestruturas no território são importantes, mas não representam o todo de um projeto como este das Aldeias Históricas de Portugal - Valorização do Património HIstórico. É preciso desenvolver uma extensa e bem instalada estrutura com espaços de hospedagem, gastronomia, artesanato, produtos locais, animação turística etc. Porque o desenvolvimento sustentável é o resultado de vários fatores integrados, para além do turismo, é essencial manter iniciativas que permitam atrair novos investimentos em outras áreas.

Hoje o território conta já com cerca de três dezenas de micro-empresas associadas, que refletem a emergência do empreendedorismo. Mas há sempre lugar para as boas ideias e o projeto da rede ainda tem espaço para iniciativas no plano do empreendedorismo. Porque quanto maior e mais sólida for essa rede, maior será a capacidade de atrair novos projetos. Os melhores produtos são os que atraem mais turistas e isso, claro, gera maior afluxo de recursos para a economia local. Mas é a solidez global da dessa economia que atrai novos investimentos.

É por essa razão que a comunicação deve dedicar uma atenção intensiva ao plano do empreendedorismo e das oportunidades. Ou seja, o objetivo é ajudar a apetrechar os destinos com estruturas capazes de atender às exigências dos investidores. E também é preciso desenvolver ações no sentido de comunicar, aos potenciais empreendedores, que os investimentos nas áreas de influência do projeto são promissores em termos de retorno financeiro.